segunda-feira, 1 de março de 2010

Os monstros na arte

Quantas vezes você já viu um quadro ou assistiu a um filme ou a um desenho que tivesse monstros e criaturas diferentes do que se conhece? Esses seres, que não existem, fazem parte da imaginação humana há muito tempo e estão presentes também no universo das artes. Vale a pena conhecê-los.
____________________________________________________

Normalmente, a palavra “monstro” é associada a algo assustador e que faz mal às pessoas. Mas nem sempre é assim. Muitas dessas criaturas representam o Bem e chegam a ser até simpáticas.Mesmo os monstros originalmente maus podem ser mostrados de forma amigável. Tudo depende de quem os retrata.
Um exemplo é a história do monstro do Lago Ness, na Escócia. Segundo os moradores da região, Nessie seria um monstro pré-histórico que habitaria até hoje o fundo desse lago. Inúmeros desenhos e ilustrações pelo mundo mostram Nessie como uma criatura bondosa e feliz.
____________________________________________________

Figuras estranhas

É muito fácil identificar monstros em um filme ou desenho. Eles são criaturas estranhas aos olhos das pessoas e diferentes dos seres considerados normais. Podem ter tamanho exagerado, transformar-se em outros seres, ter membros do corpo virados para trás ou até mesmo ser uma mistura dos reinos animal, vegetal e mineral.
____________________________________________________

Os monstros no mundo das arte

O surgimento dos monstros e de suas histórias tem motivos be, variados. Algumas dessas criaturas foram inventadas por escritores para povoar suas histórias. Outras foram criadas por cineastas, desenhistas ou pintores.
E ainda há as que não passam de lendas, que são histórias contadas de geração em geração até que sua fama se espalhe pelo mundo.
Os monstros podem até ter aparência humana, com certos detalhes que os diferenciam do homem. Outros em nada lembram um ser humano.
Conheça alguns deles e também sua origem.

Conde Drácula

Esse homem-vampiro surgiu do livro Drácula, lançado em 1897 pelo escritor irlandês Bram Stocker (1847 – 1912). Ele baseou-se em histórias contadas sobre a vida de Vlad Drácula, um conde que viveu em um castelo na região da Transilvânia, na Romênia, no século XV. Pela história do livro, Drácula recebia visitantes em seu castelo e sugava-lhes o sangue, mordendo-os no pescoço. Foram feitos vários filmes inspirados no assunto.

Alienígenas

Os extraterrestre, ou alienígenas, sempre fizeram parte da imaginação humana e muita gente se pergunta se eles existem ou não. O cinema muitas vezes deu-lhes as mais variadas formas. O diretor norte-americano Steven Spielberg, por exemplo, criou o ET, um extraterrestre feio, mas simpático, e que fazia o bem. Já a série de filmes Alien mostra alienígenas assustadores, que fazem mal aos seres humanos.

King Kong

O primeiro filme em que essa figura assustadora apareceu foi lançado em 1933 e gerou várias versões posteriores. Mas a história é a mesma: caçadoras vão até um ilha do Oceano Pacífico e capturam um enorme macaco, o King Kong. Ele é levado para Nova York, mas consegue escapar de seus caçadores e causa pânico na cidade.

Frankenstein

Ele nasceu no livro Frankenstein, lançado em 1832 pela escritora inglesa Mary Shelley (1797 – 1851). Essa obra conta a história de um cientista que queria criar um ser humano a partir de partes de corpos de diferentes pessoas mortas. Só que a experiência dá errado e a imensa criatura escapa, arrasando o que encontra pela frente.

Múmia

A mumificação era comum no Egito Antigo: uma série de produtos especiais era passada no corpo de alguém importante, para mantê-lo conservado por milhares de anos. Em 1922, foi achado o corpo mumificado de um faraó egípcio, morto havia cerca de 4.000 anos. As pessoas que o descobriram morreram de forma misteriosa. Depois disso, mais múmias foram descobertas, o que originou uma série de filmes e desenhos que criaram a lenda da “maldição das múmias”.

Abominável Homem das Neves

Até hoje discute-se se essa criatura existe ou não. Isso porque, desde o começo do século XX, turistas e alpinistas dizem ter visto enormes pegadas na neve, na região das montanhas do Himalaia, entre a Índia e o Nepal, na Ásia. Criou-se então a lenda de Yeti, o Abominável Homem das Neves, na Ásia.Criou-se então a lenda de Yeti, o Abominável Homem das Neves, que poderia ser um enorme homem, urso ou macaco peludo.
__________________________________________________

Histórias bem antigas

As criaturas diferentes das consideradas normais vivem na imaginação humana desde a Antiguidade. Foi na Grécia Antiga que surgiu a história do Minotauro, uma criatura meio homem, meio touro. Conta-se que ele vivia num labirinto e se alimentava de pessoas. Um dia, um homem chamado Teseu entrou no labirinto com um carretel de linha, para poder achar o caminho de volta. Ele matou o Minotauro e saiu vivo de lá.
Outra histórias grega é a da Medusa. Ela teria sido uma bonita mulher, com lindos cabelos. Mas ofendeu a deusa da sabedoria, Minerva, que transformou os cabelos da Medusa em serpentes e deu a ela poderes sobrenaturais: toda pessoa que olhasse para seus olhos viraria pedra.
Medusa - Ela foi retratada de diversas formas, inclusive em desenhos da Antiguidade.
__________________________________________________

Os pintores brasileiros e os monstros

Alguns pintores brasileiros ganharam fama pintando criaturas estranhas.
O goiano Siron Franco é um deles. Ele nasceu em 1947 e em alguns de seus trabalhos retratou seres mosntruosos, misturando animais e homens. Sua exposição Fábulas do Horror exibia obras sobre o tema.
O pintor Carybé (1911-1997) também gostava de incluir figuras assustadoras em suas obras. Ele nasceu na Argentina, mas ficou famoso vivendo em nosso país. Em 1930, Carybé foi morar no Rio de Janeiro e depois em Salvador. Além do dia-a-dia dessas cidades, ele retratou mosntros em algumas obras. Entre eles, a história do lobisomem, que surgiu nas fazendas. Ela conta que, nas noites de lua cheia, um homem se transforma em lobo, ataca as pessoas e fica uivando para a lua.
_______________________________________

Os monstros na história da pintura

Uma das áreas que mais exploraram a figura dos monstros ao longo da história foi a pintura. Na Idade Média existiam diversas histórias e lendas a respeito de monstros. Nessa época, não existia televisão, rádio ou luz elétrica. A diversão de muitas pessoas era inventar histórias e personagens.
A partir do século XIII, os europeus começaram a navegar pelo mar na esperança de descobrir novas terras. Os navegadores não tinham a menor ideia do que iriam encontrar pela frente. Muita gente, querendo despertar medo entre os aventureiros, começou a criar histórias envolvendo mosntros do mar, dizendo que eles possuíam variadas formas e que atacariam os navegadores no meio do caminho.

O Colosso - Esta obra de Goya mostra um gigante sobre uma cidade.

Um pouco mais tarde, um pintor em especial se destacou: Hieronymus Bosch (1450 - 1516). Entre suas obras estão as que retratam criaturas estranhas, assustadoras ou engraçads.
Outro artista famoso que retratou mosntros foi o espanhol Francisco Goya (1746 - 1828). Ele teve uma fase chamada de "sombria", na qual pintou coisas ligadas ao horror.
No início do século XX surgiu o movimento surrealista. Seus artistas se inspiravam em sonhos e na imaginação para realizar suas obras. Com isso, criaturas monstruosas eram presença constante em quadros e desenhos.
O alemão Max Ernst (1891-1976) foi um dos pintores de destaque desse movimento. Em diversas obras ele pintou figuras assustadoras.

Figura estranha - As criaturas pintadas por Bosch provocavam medo nas pessoas.
______________________________________
Fonte: Coleção Para Saber Mais Recreio - Artes - Personagens

Nenhum comentário: